83 3044 1000

João Pessoa

Olá, como você se chama?

Está acabando o prazo para revisão dos benefícios do INSS

Por Eduarda Ribeiro (Advogada Associada)

Segundo o Anuário Estatístico da Previdência Social, apenas no ano de 2011, a Previdência Social concedeu 4,8 milhões de benefícios, dos quais 85,5% eram previdenciários, sendo comuns equívocos nas análises, o que pode ser objeto de revisão para a devida correção.  

Nesse contexto, o beneficiário do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que pretenda revisar o seu benefício previdenciário, seja de aposentadoria ou pensão por morte, deve ficar atento ao prazo previsto na lei para exercer tal direito.

Pelo art. 103 da lei nº 8.213/1991, é de 10 anos o prazo decadencial para o segurado ou beneficiário requerer a revisão do ato de concessão do benefício, cujo prazo se inicia a contar do mês seguinte ao do recebimento da primeira prestação.

Assim, exemplificando, todos os beneficiários que tiveram benefícios concedidos no ano de 2011, regra geral, terão até o ano de 2021 para solicitar ao INSS a revisão do ato de concessão do benefício. Na oportunidade, diversos assuntos podem ser questionados, como o tempo de contribuição, o reconheciento de atividade especial e até mesmo os salários de contribuição computados no cálculo do valor do benefício.

O serviço pode ser solicitado pelo site “Meu INSS” ou pela Central 135. Em caso de dúvidas, consulte um advogado especialista em direito previdenciário.

Posts Relacionados

Publicações

Aposentadoria especial dos agentes comunitários de saúde

22 Janeiro 2021

Por José Fernandes (Advogado Coordenador)

Publicações

MP prorroga regras de cancelamento de voos durante a pandemia

20 Janeiro 2021

Por Marília Dias (Advogada Associada)

Publicações

Você sabia que os alguns critérios de aposentadorias mudaram?

19 Janeiro 2021

Por Edivanildo Nunes (Advogado Associado)

Publicações

Minha carteira de habilitação venceu. Renovo agora ou depois da vigência do novo CTB, em abril?

15 Janeiro 2021

Por Jackson Lucena (Advogada Coordenador)

Publicações

Os contratos digitais têm validade jurídica?

13 Janeiro 2021

Por Camila Fazollo (Advogada Associada)